Um filhote deve tomar no mínimo três doses de vacina contra cinomose. Mas após a primeira dose ele já está protegido?


Não, pois as primeiras doses de vacina podem ser neutralizadas pelos anticorpos maternos contra cinomose que os filhotes adquirem ao mamar o colostro (leite produzido pela mãe nos primeiros dias de amamentação). Filhotes que receberam a vacina Recombitek C4/CV ou a vacina Recombitek C6/CV têm uma vantagem, pois a porção cinomose não é neutralizada pelos anticorpos maternos. Há uma formação de resposta imune ativa do animal mais cedo. É importante manter o filhote longe de outros cães e de ambientes contaminados até que sejam dadas as 3 doses de vacina. E ainda, todos os filhotes devem mamar o colostro, pois ele é fonte de anticorpos que o protegerão contra diversas doenças.


Tenho um filhote de cachorro que após a primeira vacina apresentou alguns sintomas de cinomose. Estou tratando-o e gostaria de saber se posso aplicar a segunda dose da vacina contra a cinomose agora ou se é melhor esperar o fim do tratamento.


Recomenda-se vacinar apenas animais sadios para que a vacina tenha a chance de desempenhar seu papel protetor. Caso o animal já esteja doente, a vacinação não é recomendada.


Adotei uma cadela de 8 anos e a antiga dona disse que nunca deu a vacina contra cinomose, só a da raiva nas campanhas de vacinação. Gostaria de saber como colocar em dia a vacinação contra cinomose desse animal.


Nos filhotes de até 12 semanas de idade, recomenda-se a aplicação de 3 doses de vacina contra cinomose, pelo fato de que todas as vacinas disponíveis são polivalentes e as outras porções sofrem neutralização dos anticorpos maternos. Depois de 12 semanas de idade, recomenda-se 1 dose da vacina para a proteção contra cinomose. Nos adultos, a indicação é a revacinação anual.


Adquiri um cachorro que, por não ser vacinado, acabou adquirindo cinomose e faleceu. Pretendo comprar outro, mas gostaria de saber se posso colocar o novo filhote no ambiente em que o antigo cachorro morava. Quanto tempo devo esperar para colocar o novo cãozinho sem risco de ainda ter o vírus no local? Posso trazê-lo para casa apenas após as três doses de vacina?


O vírus da cinomose possui a característica de ser envelopado, ou seja, em contato com o ambiente ele é facilmente destruído. Portanto, não há necessidade de esperar longos períodos para introduzir um novo animal na casa, deve-se apenas higienizar o local com qualquer produto de limpeza para casa. É importante, no entanto, que o novo animalzinho receba as doses de vacina conforme indicado seu veterinário e que se tente descobrir de onde o animal anterior adquiriu a doença, para que se possa tratar o cachorro transmissor e assim evitar novos casos de cinomose na região.


Gostaria de saber quais as primeiras vacinas a serem aplicadas em um filhote e com que idade.


Filhotes são especiais e sua vacinação também deve ser, por isso, para cada idade há uma vacina feita especialmente para seu cãozinho.

O esquema de vacinação utilizado em filhotes deve permitir a produção de anticorpos contra doenças importantes como a cinomose, mas com segurança para não levar a complicações desnecessárias. Pensando nisso, a Merial criou as vacinas Recombitek C4/CV e Recombitek C6/CV. Ambas reduzem o risco de reações alérgicas ou anafiláticas, além de uma proteção mais ampla (Recombitek C6/CV), com a mesma qualidade e segurança de não sofrer reversão de virulência.

A seguir, apresentamos um exemplo de protocolo de vacinação. Porém, é importante lembrar que a melhor pessoa para avaliar as necessidades do seu cachorro filhote e adulto é o Médico Veterinário. Alguns animais requerem uma vacinação diferenciada, principalmente se viverem em locais com focos de doença.


Idade Doenças Vacina MERIAL
4 semanas Gripe Pneumodog*
6 semanas Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite e Parainfluenza

Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite, Parainfluenza, Leptospirose e Gripe Canina
Recombitek C4/CV

Pneumodog
9 semanas Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite, Parainfluenza e Leptospirose

Gripe
Recombitek C6/CV

Pneumodog
12 semanas Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite, Parainfluenza e Leptospirose Recombitek C6/CV
16 semanas
Opcional
Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite e Parainfluenza

Raiva
Recombitek C4/CV**

Rabisin-i
**4o dose opcional
Revacinação anual
(1 dose)
Cinomose, Parvovirose, Coronavirose, Adenovirose, Hepatite, Parainfluenza e Leptospirose e Raiva

Raiva

Cinomose, Parvovirose, Adenovirose, Hepatite, Leptospirose associada com Raiva

Gripe
Recombitek C6/CV

Rabisin-i

Eurican CHPLR

Pneumodog

* Para filhotes de fêmeas não vacinadas contra gripe, recomenda-se iniciar o programa de vacinação com Pneumodog na 4ª semana de vida, com a 2ª dose na 6ª semana.



* Nome
* Email
 
Telefone
* CEP
* CPF
* Dúvida



WSPA Merial Linha RecombiTEK


Recombitek é marca registrada da Merial Saúde Animal Ltda.



Merial Brasil - Saúde Animal - Produtos farmacêuticos e vacinas

© 2013 Merial Saúde Animal

Informações Legais    Política de Privacidade


Cinomose: O que é Cinomose | Como Prevenir | Conheça a Campanha | Mural de Histórias | Tire suas Dúvidas | Veterinário | Como Tratar | ONGs afiliadas 2012


Redes Sociais: Twitter | Facebook | YouTube | Twitboon

Recombitek® - Vacina em cachorro contra cinomose (vírus CDV). Sintomas: perda de apetite, febre, paralisia
Campanha Cinomose Aqui Não. Vacine seu cachorro anualmente contra cinomose com a Vacina Merial Recombitek C4/CV ou
a Vacina Merial Recombitek C6/CV contra a cinomose. A Merial conta com você para erradicar de vez a cinomose do Brasil. Participe


Produtos para cachorros, gatos, bovinos, aves, cavalos, ovinos e caprinos